Compartilhe
Concórdia

Prefeitura volta a cobrar da Trix reparos em ruas que apresentam desníveis na pista

Publicado em 07/11/2018 às 09:56 - Atualizado em 07/11/2018 às 09:56

Durante reunião mensal fiscalizatória, vice-prefeito Edilson Massocco foi incisivo na cobrança para que a empresa melhore as condições das ruas que tiveram intervenções da obra e continuam apresentando problemas de desníveis, e vetou obras na Dr. Maruri, depois do dia 20 de novembro

 

Constantes problemas e as inúmeras reclamações e insatisfações da população concordiense quanto as obras de saneamento básico, contratadas pela Casan e executadas pela empresa Trix, estão gerando desconfortos à Administração Municipal, que tem a obrigação de fiscalizar a obra, e o faz constantemente. Durante a reunião mensal fiscalizatória, que envolve prefeitura, Trix, Casan e a empresa MPB, responsável pela fiscalização, realizada nesta terça-feira, 6 de novembro, o vice-prefeito, Edilson Massocco, foi enfático ao solicitar novos reparos nas vias que sofreram intervenções da obra e que não foram devidamente fechadas, resultando em pavimentos com desníveis e vários buracos.

Massocco falou sobre as péssimas condições de algumas ruas, especialmente no bairro Nações, após a abertura das valas e o fechamento, que não está apresentando resultado de qualidade. O vice-prefeito estabeleceu o prazo até 31 de dezembro, para que a empresa faça os devidos reparos e entregue as ruas com melhores condições de trafegabilidade. “Andei por vários lugares, onde foram feitas as obras, e me sinto envergonhado com a situação em que a ruas ficaram. Nossa cidade está cheia de buracos”, enfatizou. Massocco pediu encarecidamente para que sejam tomadas providências para que tudo seja corrigido o mais breve possível.

Outro pedido do vice-prefeito à empresa Trix é para que mais nenhuma obra seja feita na rua Dr. Maruri, a partir do dia 20 de novembro. Segundo ele, é inaceitável que obras estejam em andamento durante o período natalino, quando o comércio e a população se preparam para uma época de maior movimentação na área central. “As obras causam transtornos, sujeira e interrupção no tráfego”, comentou. As escavações que já estão em curso devem ser concluídas e os buracos pavimentados até o prazo estabelecido. Os representantes da empresa assumiram o compromisso de agilizar as obras para garantir o cumprimento dos prazos.


Rua Marechal Deodoro, 772, Edifício Mirage Offices - 12º andar, Centro, Concórdia - SC
CEP: 89700-905